O coração do Evangelho

Mensagem: O Servo do Senhor, Jesus Cristo – o Messias, veio “para servir e dar a vida em resgate de muitos”, Mc 10:45. O Evangelho é Jesus Cristo, Jesus Cristo é o Evangelho.

Introdução

Na 14a. mensagem “Messias – O Servo do Senhor”, Is. 49-53, nós  vimos que “O Servo do Senhor, Jesus Cristo – o Messias, veio “para servir e dar a vida em resgate de muitos”, Mc 10:45. Refletimos sobre o relacionamento do Messias com as nações pagãs, com Deus Pai e com Seu Povo. Somos desafiados a ter o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus, Fp 2:5-8.

Na 15a. mensagem  (será pregada em 3 domingos) continuaremos a refletir sobre o Servo do Senhor, nós vamos falar sobre “O coração do Evangelho”. Is 52:13-53:12 é o coração dos capítulos 49-57.

Is 53 revela Jesus Cristo e leva-nos ao Monte do Calvário, a cruz.

Alguns judeus interpretam este texto como uma referencia ao sofrimento do povo de Israel. Mas, como Israel poderia morrer pelos pecados de Israel? Is 53:8 “… ferido por causa da transgressão do meu povo”.

Quem declarou que Israel era inocente de pecado, e portanto havia sofrido injustamente? Is 53:9 “… embora nunca tivesse cometido injustiça, nem houvesse engano em sua boca”.

O profeta Isaías escreveu sobre um indivíduo inocente morrendo pelos pecados dos pecadores…

O Servo que Isaías descreve é o Messias; e, o Novo Testamento afirma que o Messias, o Servo é Jesus Cristo, o Jesus de Nazaré, o Filho do homem, o Filho de Deus – Mt 8:17; Mc 15:28; Jo 12:38; At 8:27-40; 1 Pe 2:21-24.

O Evangelho é Jesus Cristo, Jesus Cristo é o Evangelho.

Is 52:13-15

O Servo causará admiração, chocará a muitos, por causa da Sua aparência (52:14); Sua exaltação (52:13); e, Sua mensagem (52:15).

Nós temos aqui o sofrimento e morte do Senhor Jesus Cristo, Sua ressurreição e ascensão aos céus, e a proclamação mundial do Evangelho.

Fp 2:5-11; Mt 28:18-20; Rm 15:17-22.

Maravilhemo-nos diante da Pessoa e da obra de Cristo…

Isaías 53 é citado mais de 40 vezes no Novo Testamento, e revela uma importante verdade sobre o coração do Evangelho – o Servo do Senhor, e o que Ele fez pela humanidade pecadora.

(1a. parte – domingo, 15/ Maio/2011)

Humilhação: desprezado e rejeitado, Is 53:1-3 (cf. Jo 1:10,11).

Is 53 descreve a vida e o ministério de Jesus Cristo, vv. 1-4; Sua morte, vv. 5-8; sepultamento, v. 9; e, Sua ressurreição e exaltação, vv.10-12.

Mensagem – o Servo inocente morre no lugar do pecado culpado. “Sacrifício vicário” é isso que significa. Jesus tomou o lugar de pecadores culpados e pagou o preço pela salvação dos mesmos…

O Servo é Deus, mas tornou-se homem, homem de dores, Hb 5:8.

“O menino nasceu”- Sua humanidade; o “Filho é dado” – Sua divindade, Is 9:6.

Jesus Cristo é Deus, Ele á da “raiz de Davi”, mas porque Ele é também ser humano, Ele é a “geração de Davi”, Ap 22:16.

Ele foi desprezado e rejeitado, pois Ele não representava o que era importante aos olhos humanos:

  • a) riqueza (Lc 16:14, 15);
  • b) prestígio social (Lc 14:7-14; 15:1,2);
  • c) bajulação (Ele  confrontava o pecado) (Lc 18:9-14);
  • d) domínio sobre os outros (Lc 22:24-27);
  • e) ganhar o mundo (Mt 16:21-28)…

Hoje, Ele também é rejeitado pelos mesmos motivos…

Jo  5:37-44; 12:37-43, preferimos a glória dos homens à glória de Deus, por isso o desprezamos e o rejeitamos, nem sempre por palavras, mas pelo nosso estilo de vida…

Ele foi homem de dores, desprezado e rejeitado… Sofreu por nós, por causa dos nossos pecados. Ele o fez por amor…

Vivamos como verdadeiros discípulos, servos de de Jesus Cristo, sem vergonha Dele e de Suas Palavras;  tenhamos um estilo de vida que afirme o valor e a aceitação de Jesus e de Suas palavras, Gl 1:10; Mc 8:34-38.

(2a. parte – 12/Junho/211)

II. Expiação: O Servo ferido e morto, Is 53:4-6.

Ele morreu por nós… Proclamemos ao mundo esta verdade vivificadora, libertadora e transformadora, 2 Co 5:18-20; Is 52:15 cf. Rm 15:17-22; Is 53:1 cf. Rm 10:14-17.

(3a. parte e conclusão – 19/Junho/2011)

III. Vindicação: o Servo satisfeito, Is 53:10-12

O fruto do Servo –  a família de Deus. Regozijemo-nos e vivamos em santidade pois somos frutos Dele, membros da família de Deus, Hb 2:11-13; Jo 1:12,13; 1 Pe 1:13-20.

 

IsaíasNova Aliança