O viver piedoso em Jesus Cristo

Mensagem: O viver piedoso em Jesus Cristo produz motivos para que os  verdadeiros cristãos deem graças a Deus pelo teu estilo de vida. 

Esboço:

Introdução                       

O apóstolo Paulo após receber notícias a respeito da igreja em Colossos, ele escreveu com o coração alegre pelas notícias recebidas...  

1.3 Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vós.

 O apóstolo Paulo tinha o saudável hábito espiritual de orar... E, aqui ele começou dando “...graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”,1.3.

“O espírito da verdadeira fé no Pai” é achado na compreensão mais plena do nome e da natureza do Pai, que foi revelada no Seu Filho” (Martin, p.57). 

1.4a desde que ouvimos...

Foi por meio de Epafras (1.4,7,8) que Paulo e Timóteo (1.1) receberam as  notícias da igreja em Colossos. De como os cristãos estavam vivendo em Colossos. 

O viver piedoso em Jesus Cristo produz motivos para que os  verdadeiros cristãos deem graças a Deus pelo teu estilo de vida. 

Como os cristãos em Colossos estavam vivendo, para ser motivo de ação de graças a Deus?  

Por que os cristãos em Colossos estavam vivendo daquele modo? 

O apóstolo passa a refletir sobre o fruto e o alcance do Evangelho de Jesus Cristo... 

O evangelho de Jesus Cristo produz uma vida de fé, amor e esperança, e sob o poder do Espírito se expande além das nossas fronteiras.

Neste texto vamos buscar as respostas às duas perguntas feitas acima, e refletir sobre os desafios que se aplicam ao viver de todo o verdadeiro cristão.

Como os cristãos em Colossos estavam vivendo, para ser motivo de ação de graças a Deus?

 

I. O viver piedoso em Jesus Cristo, 1.4.

Cl 1:4 desde que ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que tendes para com todos os santos. 

1. Vida de fé em Cristo Jesus, v.4

1:4a desde que ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus...

Fé em Jesus Cristo...

Refere-se não só ao objeto e conteúdo da fé.

Indica “o âmbito em que ‘a fé’ vive e age” (Lohse). Se for assim, é a maneira de Paulo, já no cabeçalho da carta, focalizar o Kyrios como sendo o doador da nova vida às pessoas que vivem sob Seu Senhorio (Martin, p. 58). 

2.5b ... alegrando-me, e verificando a vossa boa ordem e a firmeza da vossa fé em Cristo. 6 Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele, 7 nele radicados, e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ação de graças.

2.5b - A vossa boa ordem e firmeza da vossa fé em Cristo...

- firmeza – frente firme, sólida...

- fé em Cristo...

Ordem, firmeza – formação militar – “sólida frente”; não quebrando fileiras, nem perdendo sua união diante do inimigo.

Pela fé recebeste a Cristo – ouviram o evangelho / se entregaram / expressaram a fé pelo batismo – obediência.

Paulo traz à lembrança, a primazia de Cristo. 

2.6 - Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele...

Andai – padrão de vida – vivendo sob o senhorio de Cristo. Conduzi suas vidas, conforme o ensino da Palavra, e não segundo as palavras, ideias dos seres humanos...

Andai pela fé – confiança e obediência a Cristo.

 2.7a nele radicados, e edificados, e confirmados na fé...

Radicados em Cristo

Como uma árvore, no solo – firmes / uma vez para sempre – criar raízes...

Edificados em Cristo

Metáfora – arquitetura – crescimento contínuo... construir sobre... Somos “pedras vivas”, dia após dia edificados em Cristo (crescendo na maturidade espiritual em Cristo).  

Confirmados na fé

Termo jurídico – contrato ratificado, e que se torna obrigatório – lembre-se de suas declarações iniciais de fé... Fé que vem pelo ouvir a palavra de Deus, e é fortalecida pela palavra de Deus. Aderência ao evangelho – doutrinas acerca da fé cristã.

“Radicados”, “efidicados” e “confirmados” ocorrem onde há instrução verdadeira e cuidadosa na doutrina dos apóstolos (At 2:42) (Shedd).

2. Amor para com todos os santos, vv. 4, 8

1:4 desde que ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus, e do amor que tendes a todos os santos.

Que amor é esse?

1:8 O qual também nos declarou o vosso amor no Espírito.

Amor no Espírito – fundamento do amor.

Não mera simpatia e ou conhecer e ou ter interesse pelo próximo, mas é o amor que pertence à esfera da influência do Espírito Santo.

Fruto do Espírito... 

1.4b ...amor que tendes a todos os santos.

‘Amor’ expressão prática do cuidado e da solicitude na comunidade cristã (Gl 5.13-15; Fm 5).

Para com todos os santos, refere-se a família inteira dos cristãos, sem acepção de pessoas (Martin, p. 58)

Gl. 5.6 Porque, em Cristo Jesus, nem a circuncisão, nem a incircuncisão têm valor algum, mas a fé que atua pelo amor.

O que tem valor não é a condição religiosa ou não, mas a fé que é demonstrada pelo amor.

1Ts 1:3a  Recordando-nos, diante do nosso Deus e Pai, da operosidade da vossa fé, da abnegação do vosso amor ...

Aqui está em foco a ação, o  trabalho  árduo, cansativo, que envolve suor e fadiga, que é motivado pelo amor a Deus e ao próximo  (1 Co 13.1-3).

Neste I ponto procuramos responder a perguntaComo os cristãos em Colossos estavam vivendo, para ser motivo de ação de graças a Deus?

Vimos que eles estavam vivendo: 1.Vida de fé em Jesus Cristo; e, 2. Amor para com todos os santos.

E, dessa mesma maneira nós somos desafiados a viver, tendoum estilo de vida cristão digno de gratidão a Deus,

Agora vem a segunda pergunta desta mensagem: Por que os cristãos em Colossos estavam vivendo daquele modo?

Cl 1:5 por causa da esperança que vos está preservada nos céus, da qual antes ouvistes pela palavra da verdade do evangelho.

1:5 por causa – refere-se ao fundamento das ações; prep. ligada a as palavras fé e amor, indicando a razão delas.

A fé e o amor fundamentam-se na esperança (cf. Rm 15.4,13).

Eles estavam com o viver digno de gratidão a Deus, por causa da esperança preservada nos céus...

II. Esperança - fundamento para o viver piedoso, 1.5

1.5 Por causa da esperança que vos está preservada nos céus, da qual antes ouvistes pela palavra da verdade do evangelho.

1Ts 1:3  Recordando-nos, diante do nosso Deus e Pai, da operosidade da vossa fé, da abnegação do vosso amor e da firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo.

Cl 1.5a Por causa da esperança que vos está preservada nos céus ...

Preservada ‘apokeimai’- guardada, reservada, colocada a parte, estar a espera de.

Nos céus ‘ouranos’-  a esfera das coisas eternas e consumadamente perfeitas...

“Vossa firmeza de esperança” – é o espírito que suporta situações e pessoas difíceis, que tem paciência, não desiste, porque tem convicção de que está a caminho de um alvo de glória.

A esperança nos faz voltar os olhos para o céu, onde está o Cristo ressurreto, bem como a herança de vida que abrange todos os benefícios e alegrias celestiais, Cl 3.1-3.     

Esta esperança eles ouviram pela palavra da verdade do evangelho (1.5b)... A palavra da verdade do evangelho será o nosso próximo estudo, se Deus assim permitir.

Conclusão

O viver piedoso em Jesus Cristo produz motivos para que os  verdadeiros cristãos deem graças a Deus pelo teu estilo de vida.

Desafio: tendo a esperança como fundamento, somos desafiados ao viver com fé em Jesus Cristo e amor para com todos os membros da família de Deus. 

 

Lembre-se:

A sua responsabilidade, debaixo da graça e capacitação divina é a de perseverante, e confiantemente aplicar os princípios e as verdades divinas que tens ouvido (Fp. 2.12,13; 1 Tm. 4.7-9; Tg. 1.22-27). Ao meditar nesta mensagem, pergunte-se:

  • O que  Deus quer transformar no meu modo de pensar e agir?

  • Como eu posso colocar isso em prática na minha vida?

  • Qual o primeiro passo que darei nessa direção (para que haja real transformação em minha vida)? 

Conheça... Creia... Aproprie-se... E, pratique a verdade divina para que experimentes a vida plena que há em Jesus Cristo (João 10.10). 

 

Bibliografia (utilizada como base da pesquisa nesta série de mensagens):

Pinto, Carlos Osvald Cardoso, Foco & Desenvolvimento no Novo Testamento, 2ª. Ed Revisada e Atualizada, São Paulo: Hagnos, 2008.

MacArthur, John F. Nossa Suficiência em Cristo – Três Influências Letais que Minam sua Vida Espiritual, São José dos Capmpos: Fiel, 1995.

Martin, Ralph P., Colosseneses e Filemon – Introdução e Comentário. São Paulo: Mundo Cristão e Vida Nova, 1991.

Schaeffer, Francis A., A Igreja do Final do Século XX – Teologia Prática 3, Brasília: Sião, 1998, 2ª. Ed.

Nesta série de mensagens em Colossenes, de modo geral, a interpretação, das palavras gregas são pesquisadas no Olive Tree - Bible Study - RA Strong´s; Esword; Léxico do Novo Testamento - Gingrich & Danker , Ed. Vida Nova; Chave Linguistica do Novo Testamento Grego – Rienecker & Rogers, Ed. Vida Nova.

Pr. Domingos Mendes Alves

Leonardo Reis