Poiema

Poiema, é uma palavra grega aparece somente uma vez no Novo Testamento e está em Efésios 2.10 que diz: “Porque somos criação (poiema) de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos.”

Poiema quer dizer:  Aquilo que foi feito, uma obra, das obras de Deus como criador.

Esse texto mostra que Deus, o maior de todos os poetas, faz através de Cristo Jesus a maior de todas as obras de arte.

Uma obra suprema que revela toda a inspiração do Autor.

Na cruz de Cristo fica expressa todo o talento de Deus. Seu amor.

Se a obra da cruz fosse uma escultura, o material usado seria o corpo do nosso Senhor Jesus, que se entregou em nosso lugar para que fossemos salvos por Ele e conseguíssemos acesso ao Corpo de Cristo

Se fosse uma pintura, a tinta seria o sangue de Jesus, que foi derramado no lugar de pecadores imerecidos, que agora conseguem acesso à presença de Deus.

Se fosse uma poesia seus versos e prosas seriam harmoniosos e dissonantes, pois é o justo no lugar dos injustos, o Santo no lugar dos pecadores.

Se fosse uma canção, seria de amor sacrificial, onde a letra é composta pelo seu autor e interprete Jesus Cristo. Ela tem como refrão Pai perdoa por que eles não sabem o que fazem.

Mas a poiema da cruz não é escultura nem pintura, poesia e nem canção, mas sim a conversão de criaturas rebeldes em filhos amados.

A obra da cruz traz das trevas para o Reino da maravilhosa Luz.

A obra da cruz traz salvação onde havia perdição.

A obra da cruz traz vida onde havia morte, dá esperança para o perdido.

Somos a poiema de Deus, e dois aspectos dessa obra nos diferenciam das obras dos homens.

O primeiro é que somos criação de um Deus perfeito e não viemos de mãos humanas. O segundo é que as obras dos homens vivem paradas em uma exposição. Já nós somos uma boa obra para fazer boas obras.

Uma obra de arte tem como finalidade trazer louvor ao se criador.

Somos obra de Deus, glorifique o seu Criador.

O servo de Cristo
Pr. Rodrigo Silva.

Rodrigo Silva