Ficando firme nas crises - Salmos 4

NOVA ALIANÇA
Ribeirão Preto – SP
Mensagens Bíblicas
“Ficando firme nas crises”, Salmos 4
Pr. Domingos M. Alves
17.04.2016

               Introdução

             A. Os Salmos

                Os Salmos apresentam expressõesexaltadas da grandeza de Deus.  Os autores expressaram sua fé no Deus, Criador e apresentam a experiência humana em sua totalidade.

 

                 Salmos hebraico “tehillîm”, utilizamos na expressão “aleluia”, “louvai a Deus”...

                 O termo grego “psalmos”, adquiriu o sentido de “cântico de louvor”.

                 O livro de Salmos cobre um período de aproximadamente mil anos – de 1520 a.C. ( Salmo 90, de Moisés)  a 537 a.C. (Salmo 137, cativeiro babilônico).

 

             B. Salmos 4, "Ficando firme nas crises”, Salmos 4

                O Salmos 4, foi escrito pelo rei Davi num período de adversidades, lutas, inimigos... "Davi transforma sua aflição em cântico de glória" (Wiersbe).

                

                No presente momento, aqui no Brasil nós vivemos em meio a crises éticas-políticas-governamentais-sociais-economicas. Crises geram instabilidades, incertezas, medos, inseguranças, ..., mas também oportunidades de aprendizado, e desenvolvimento, e fortalecimento ao país, a Igreja, ..., e anós em todas as áreas e em todos os níveis de relacionamentos.

                

                 No Novo Testamento, lemos de que ao nos arrependermos dos pecados e tomar a decisão de crer em Jesus Cristo como único e suficiente Senhor e Salvador, nos tornamosfilhos de Deus. Como filhos temos um relacionamento pessoal com Deus. 

                 Mas, ser filho de Deus não torna imunes a crises, angústias, medos, dúvidas...

 

                 Então, “que vantagem existe em crer em Deus, ser Seu filho quando Ele parece ausente, em meio às nossas crises?

                 O Salmos 4, nos ensina como agir quando nós confiamos e esperamos em Deus e em suas promessas, mas nada parece acontecer para nos conduzir de modo vitorioso.

                  O Salmos nos ensina algumas princípios divinos em como devemos agir afim de não sucumbir, mas ficar firmes em meio às crises.

                 1º Persevere em oração

                 2 º Fuja da idolatria

                 3º Cresça em intimidade com Deus

                 4º Tenha a perspectiva correta sobre a ação de Deus

                 5º Aguarde humildemente pelo agir de Deus

 

 

 

 

 

                 1º Persevere em oração, v. 1

                      Em tempos de crise não abandone a oração, mas persevere nela.

                      Perseverar, não desistir, em orar revela fé em Deus, Lc 18.1-8.

                      Ore, confiado na justiça e misericórdia de Deus.

                      Dn 6.19; 9.18,19; Rm 8.26; Lc 18.1-8.

 

                 2 º Fuja da idolatria, v. 2

                     Quando oramos e nada acontece somos tentados a dizer: “ Nós vamos nos doar a outro deus e ele nos dará a graça que tanto queremos.”

 

                    Abandonando a oração ao Deus Vivo e Verdadeiro para buscar outros “poderes”, isto é idolatria.

                     Jn 2.8; Ez 8.12; Jr 44.3,4.

                   

               3º Cresça em intimidade com Deus, v. 3

                    Os “atrasos” de Deus são oportunidade para crescermos na intimidade com Deus.

                   Sl 16:11; 25.1,14; Jó 29.4; 42.5.

                   Quando nós perseveramos em oração, e em meditação na palavra de Deus, então nós podemos nos tornar íntimos de Deus.

 

                4º Tenha a perspectiva correta sobre a ação de Deus, vs. 4,6,7.

                      Deus quer nos mudar, mudar o nosso caráter, nos moldar a semelhança de Jesus Cristo, antes de mudar ascircunstâncias difíceis.

                       Rm 8.28,29; 2 Co 12.7; Sl 119.67,68,71,72.

 

                5º Aguarde humildemente pelo agir de Deus, vs. 5,8.

                    Não se ire...

                    Ouça a Deus e aguarde em silêncio, sem murmurações...

                    Ao invés de ficar irritado, arrogante e orgulhoso procurando soluções com as suas próprias mãos, e a seu modo, confie e espere em Deus.

                     Pv 3.5-8; Is 26.3-5; Fp 4.4-9.

 

Conclusão

                    

                    O Salmos 4, nos ensina como agir quando nós confiamos e esperamos em Deus e em suas promessas, mas nada parece acontecer para nos conduzir de modo vitorioso.

                 1º Persevere em oração

                 2 º Fuja da idolatria

                 3º Cresça em intimidade com Deus

                 4º Tenha a perspectiva correta sobre a ação de Deus

                 5º Aguarde humildemente pelo agir de Deus

 

                 Deus transformará sua aflição em cântico de glória.

 

 

Lembre-se:

A sua responsabilidade, debaixo da graça e capacitação divina é a de perseverante, e confiantemente aplicar os princípios e as verdades divinas que tens ouvido (Fp. 2.12,13; 1 Tm. 4.7-9; Tg. 1.22-27). Ao meditar nesta mensagem, pergunte-se:

* O queDeus quer transformar no meu modo de pensar e agir?

* Como eu posso colocar isso em prática na minha vida?

* Qual o primeiro passo que darei nessa direção (para que haja real transformação em minha vida)?

 

Conheça... Creia... Aproprie-se... E, pratique a verdade divina para que experimentes a vida plena que há em Jesus Cristo (João 10.10).

 

 

 

 

 

Pr. Domingos M. Alves

domingos.a@novaalianca.com

www.novaalianca.com

Ribeirão Preto - SP

Abril de 2016