Marcas de um discípulo de Jesus

Pr. Rodrigo Silva
21/02/2016

1ª Pedro 1

Vivemos em tempos em que não se percebe mais diferença entre crentes e não crentes, cristãos nominais e discípulos de Jesus.

E não estou pensando em linguajar ou hábitos de vida, por que isso pode demostrar apenas uma mera religiosidade. Estou pensando em um coração transformado e regenerado por Jesus.

Quero olhar para a primeira carta de Pedro e ver como podemos perceber se estamos sendo Igreja de verdade, se estamos nos diferenciando do mundo ou não.

Pedro escreve aos forasteiros e peregrinos desse mundo, ou seja, aqueles que não são do mundo, apesar de estarem nele, não são mais parte dele.

A audiência não era somente de Judeus, mas provavelmente predominantemente de gentios.

A perseguição que eles sofriam ainda não era a da proibição do cristianismo, pois essa ainda não havia acontecido.

Dr. Charles C. Ryre diz que: “os sofrimentos mencionados nesta carta são aqueles que costumam sobrevir sobre os cristãos conforme eles se mantem fiéis à sua fé em uma sociedade pagã e hostil. A perseguição se dava na forma de calúnia, tumultos, intervenção policial local e ostracismo social. Os leitores são encorajados a regozijar-se em tal opróbrio e viver acima dele.”

Era esse o contexto da época e é nesse cenário que Pedro desafia e encoraja aqueles irmãos a se diferenciarem.

Essas diferenças possuem algumas marcas e é sobre elas que quero conversar.

Alguém que é discípulo de Jesus precisa ter a marca...

1. Da fé em Jesus Cristo. 1. 3-9

Alguém que quer é discípulo de Jesus precisa ter fé em Jesus, na sua obra, na sua Palavra...

Precisamos ter fé que Ele nos regenerou para uma esperança viva. V. 3.

Precisamos ter fé que recebemos uma herança que jamais perece. V.4.

Precisamos ter fé que em Deus estamos protegidos até o final dos tempos. V.5

Mesmo que ajam tempos difíceis e eles vão surgir, precisamos ter fé, pois é nessa hora que se mede o valor da nossa fé. V. 6-7.

Um discípulo de Jesus precisa ter a marca da fé. Adoramos a Deus que não vemos. Falamos com Deus que não vemos, somos a habitação do Espírito Santo. V.8-9.

É preciso ter fé em Jesus e crer nEle para a sua salvação.

14 Da mesma forma como Moisés levantou a serpente no deserto, assim também é necessário que o Filho do homem seja levantado, 15 para que todo o que nele crer tenha a vida eterna. 16 "Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. 17 Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele. 18 Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus. João 3.14-18.

36 Quem crê no Filho tem a vida eterna; já quem rejeita o Filho não verá a vida, mas a ira de Deus permanece sobre ele".Jo. 3.36

24 "Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida. João. 5.24

25 Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; 26 e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso? João. 11.25-26

Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam. Hebreus 11:6.

Um discípulo é aquele que pela fé segue a seu Senhor...

“Então ele chamou a multidão e os discípulos e disse: "Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.”

Marcos 8:34.

Alguém que é discípulo de Jesus precisa ter a marca...

2. De santidade. V. 1.13-16.

Santidade como sabemos não é ausência de pecado. Santidade nesse sentido só se aplica a Deus.

Mas santidade também é sinônimo de separação. E é essa marca que precisamos ter. Sermos separados do mundo.

Não se amoldar aos padrões do mundo é estar em santidade. Os desejos do mundo não nos pertencem mais.

Precisamos viver uma vida nova que precisa ser vivida em novidade de vida. Temos agora alguém que nos dá o molde e esse é Cristo.

É nesse sentido que percebo a igreja dos dias atuais tem se perdido. Não há mais diferença entre nós e o mundo.

Nem nossas práticas são diferentes das do mundo.

Minha intenção não é que mudemos as práticas, mas sim o coração. Um coração transformado é evidenciado com novas práticas de vida.

Novas práticas de vida sem um coração transformado evidenciam mudança de comportamento e não de coração.

Ser edificado é viver em santidade.

Santidade é marca dos filhos de Deus. V.14.

Santidade é não ter a forma do mundo. V.14.

Santidade é novo estilo de vida. Sejam santos por que Deus é Santo.

10 O dia do Senhor, porém, virá como ladrão. Os céus desaparecerão com um grande estrondo, os elementos serão desfeitos pelo calor, e a terra, e tudo o que nela há, será desnudada. 11 Visto que tudo será assim desfeito, que tipo de pessoas é necessário que vocês sejam? Vivam de maneira santa e piedosa 2ª Pedro 3.10-11

Alguém que é discípulo de Jesus precisa ter a marca...

3. A marca do amor sincero. 1. 22

Um amor sincero é um amor se fingimento. Autentico genuíno que não faz por obrigação ou esperando reconhecimento, ele é sincero.

O amor é a principal marca de um discípulo de Jesus.

Essas são palavras do próprio Senhor Jesus.

34 "Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. 35 Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros". João 13.34-35

Deus é amor. O sacrifico de Cristo foi por amor. Os maiores mandamentos são ame a Deus e ao próximo.

É o que o João fala: 9 Quem afirma estar na luz mas odeia seu irmão, continua nas trevas. 10 Quem ama seu irmão permanece na luz, e nele não há causa de tropeço. 11 Mas quem odeia seu irmão está nas trevas e anda nas trevas; não sabe para onde vai, porque as trevas o cegaram. 1ª João 2.9-11.

A marca do amor é fruto da obediência a Palavra de Deus.

A marca do amor é demostrada e vista pelo amor aos irmãos.

A marca do amor é de coração.

Pessoas que são discípulos de Jesus possuem uma fé inabalável em Jesus.

Pessoas que são discípulos de Jesus buscam viver em santidade, separadas do mundo.

Pessoas que são discípulos de Jesus demonstram amor fraternal e sincero.

Marque a sociedade, sua família e a sua comunidade local com as marcas de um discípulo de Cristo. Tendo as marcas de um discípulo de Jesus.

Só há dois tipos de pessoas no mundo: as que são discípulos de Jesus e as que não são.

Os discípulos precisam viver como Ele viveu.

Aqueles que não vivem como Ele viveu, ou não são discípulos, serão severamente disciplinados.

Tome a sua cruz e siga a Jesus.