O Crescimento Natural da Igreja

 Pr .Rodrigo Silva                                                                                                          28/06/2015                                                                                                                            Efésios 4.12 a 16 

 

  Muito se fala em nossos dias em crescimento da igreja. Existe uma infinidade de livros que trazem receitas para o crescimento da igreja, uns bons, outros nem tanto. 

  Muitos destes livros refletem modelos que foram implantados em determinadas regiões do mundo, em determinados contextos e em determinadas épocas que foram bem-sucedidos em suas realidades.  

  Muitos grupos na tentativa de crescerem buscam estas alternativas e as vezes são bem-sucedidos, mas as vezes geram até divisão no grupo.  

  Creio que erramos quando desperdiçamos o maior manual de crescimento natural da Igreja que temos: a Bíblia.  

  Dou esta ênfase no crescimento natural, por que a muito crescimento feito a base de fermento e é usado todo tipo de fermento: shows evangélicos, promessas de resolução de problemas, homens eloquentes falando ao publico... 

 Não creio que exista necessariamente um problema com estas práticas, a grande questão, é quando isto se torna o centro das atenções de todos. Isto podemos ser ferramentas para se levar o povo ao centro da Igreja, que é Jesus. 

  Por isto quero continuar olhando para o capitulo 4 de efésios e ver a receita de Paulo para o crescimento natural da Igreja de Cristo.  

O primeiro ingrediente é: 

Quando seus lideres fazem o que tem que fazer V. 12 

Deus concedeu apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres com a finalidade de preparar, capacitar, aperfeiçoar os santos para a boa obra do ministério e o corpo seja edificado.   

Os pastores e mestres não foram chamados para administrar grandes e nem pequenas organizações evangélicas, não são chamados para serem bombeiros espirituais, não são chamados para serem faz tudo na igreja, mas sim para capacitar o povo para que o povo trabalhe na edificação da igreja de Cristo. 

Dependendo do tamanho da igreja não há como fugir destas tarefas, mas os pastores e mestres devem se dedicar a tarefa da capacitação do povo, para que cada um ache o seu papel no corpo e cumpra a sua função. 

Paulo é muito claro em dizer isto. Eu serei cobrado por Deus de o quanto eu trabalhei para preparar e aperfeiçoar vocês para a obra de Deus e não se construí um grande prédio, se fiz a igreja crescer 300%, ou se as entradas depois da minha chegada aumentaram em 200%. Tudo isto pode ser fruto de um trabalho de aperfeiçoamento e capacitação dos santos. 

Cada parte do corpo deve cumprir o seu papel  para que o crescimento natural aconteça.  

Isto também não quer dizer que eu ou os professores não devemos evangelizar por que não somos evangelistas, não podemos servir em um mutirão por que não temos o dom de serviço, fazer estas coisas é parte do meu papel como membro do corpo, que deve servir de acordo com as necessidades dele próprio. 

O que deve ficar claro é quais são as responsabilidades diretas de cada um e a do pastor e dos mestres são estas, capacitar e aperfeiçoar os santos para a obra do ministério.    

Em João 21.15 a 17 temos da boca do próprio Senhor Jesus o que Ele espera de nos pastores e mestres. 

A função do pastor é ser limpador de farol segundo o Dr. Russel Sheednós vamos limpando o farol para os crentes brilhem cada vez mais a luz de Cristo que esta neles  

Nossa função é ser e levar o povo a ter a imagem e o caráter de Cristo em suas vidas e este é o segundo ingrediente para o crescimento natural da Igreja. 

Quando seus membros buscam o caráter e a imagem de Cristo. V.13 

O cristão é por definição, alguém que deve e buscar ter a imagem de Cristo e seu caráter. Um cristão que não tem este desejo ou não é cristão genuíno ou está negligenciando o dom que recebeu, está sendo um filho pródigo, rebelde.  

Temos a imagem de Cristo por que recebemos à Cristo e seu Espirito habita em nós, agora devemos buscar dia após dia ser cada vez mais parecidos com Cristo e ter cada vez mais o seu caráter.  

  A expressão até que,traz a ideia de que é um processo e não um ato. E até quando? 

Sermos unidos na fé e no conhecimento do Filho de Deus.  

Até chegarmos à maturidade plena de Cristo Jesus o perfeito varão. 

Estas duas frases mostram para mim, que buscar a imagem de Cristo e o seu caráter, é algo continuo e só termina quando estivermos face a face com Cristo.  

É isto que nos diz 1ª Coríntios 13.10. Um dia estaremos diante de Deus e  seremos perfeitos assim como Ele é.   

A vida cristã consiste em viver a vida de Cristo Cl. 1.28 e 29 e Rom. 8:29 nos mostra isto.  

Buscar esta vida vai nos dar cada vez mais convicção de quem nós somos e o que estamos fazendo aqui e esta convicção é o terceiro ingrediente.  

Quando seus membros são convictos das suas posições bíblicas. V.14 

A igreja de Éfeso era fonte de ataques e heresias, por ser uma igreja em uma cidade grande e uma igreja importante, ela vivia sendo alvo destas pessoas que não ensinavam a sã doutrina. 

Estas convicções que temos é o que vão nos ajudar a não sermos com barcos a deriva, sem leme e sem vela, que vive sendo levado e agitado de um lado para outro. 

São estas convicções, que vão fazer com que não sejamos como crianças que são levados por outro colega, a fazer o que não costumam fazer só por que o coleguinha falou. 

Em Atos 20.29-31 Paulo advertiu pessoalmente estes irmãos dos perigos que eles estavam passando. 

Estes perigos passamos hoje em dia também, fico muito preocupado quando vejo alguns pregadores da TV e a minha preocupação é que muitas vezes o nosso povo mais ouve a estes pregadores, do que a verdadeira Palavra de Deus 

Talvez esta seja a razão pela qual muitos vêm e vão das nossas igrejas, eles estão sendo levados à deriva, atrás da doutrina que melhor lhes agradam, seguem a cabeça dos homens e não o Cabeça que é Cristo Jesus e este é o quarto ingrediente    

Quando seus membros têm como O Cabeça Cristo V.15 

Paulo esta enfatizando para aqueles que irmãos que: antes de seguir estes homens eles deveriam seguir a Verdade em amor e buscar crescer em Cristo, por que Ele é o Cabeça. 

Uma igreja que quer crescer naturalmente e com saúde não pode ter membros fundadores como cabeça, nem diretoria, nem pastores e mestres, mas sim Cristo Jesus, é Ele quem vai dar direção através do seu Espirito a estes membros do Corpo e isso se eles tiverem Cristo como Cabeça em suas vidas.  

Nossa função é buscar crescer sempre em Cristo Jesus e seguir a verdade da sua Palavra, por que assim vamos cumprir nosso papel no Corpo e este é o quinto e ultimo ingrediente do crescimento natural da igreja.  

Quando seus membros cumprem a sua parte no Corpo. V.16 

 Cada um precisa cumprir o seu papel na Igreja e no Corpo de Cristo.  

Nós fomos chamados para viver de maneira digna da vocação que temos e se algo não está acontecendo na Igreja a culpa é nossa. 

O verso 16 diz:  Dele todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntascresce e edifica-se si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função. 

Se este crescimento e edificação não esta acontecendo é por que as partes do Corpo que deveriam cumprir o seu papel não estão fazendo. 

Igreja não é um time de futebol onde quando os resultados não vêm, se troca o técnico, igreja é o Corpo de Cristo e quando os resultados não vêm, é por que todos estamos errando em alguma área e proporção. 

Talvez seja necessário trocar o técnico, mas não sem antes exorta-lo, encorajá-lo e ajuda-lo a tentar mudar o estilo de jogo e se caso isto não acontecer se lembrar de que ele ainda é nosso irmão em Cristo e parte do Corpo.  

Nós queremos crescer. Este crescimento precisa ser saudável e natural. O apostolo orientou a Éfeso e nos deixou a receita de como este crescimento pode acontecer.  

  1. Pastores e Mestres se desgastem na capacitação e aperfeiçoamento do povo de Deus. 

  1. Irmãos busquem a Imagem e o Caráter de Cristo  

  1. Irmãos morram defendendo as suas convicções bíblicas  

  1. Igreja tenha Cristo como Cabeça 

  1. Irmãos façamos a nossa parte no Corpo.