Um Caráter Honrado

Muitos de nós conhecemos a história de José do Egito (Gênesis 37 a 50) por seu sofrimento, por sua jornada até chegar a ser governador. Quero ressaltar algo nessa história.

O que eu vejo de incrível na história de José do Egito é a consciência dos propósitos de Deus para sua vida fez ele ser um homem melhor. Em meio à tanto caos durante o seu percurso até o Egito, seu sofrimento, sua prisão, a saudade da casa de seu pai, não o fez se corromper, não deixou com que as circunstâncias más abalassem a sua fé e abalassem a promessa do qual Deus havia dado aos seus antepassados. Em Gênesis 39: 2 a 4 vemos que Deus estava com José e isso era visível aos olhos de seu senhor Potifar, do qual servia e quem lhe entregou o governo de todos os bens que tinha. Depois, aos olhos do próprio Faraó, José era um homem honrado por não se deixar corromper e ser um homem de caráter honrado e fiel aos seu Deus (Gênesis 41:38 a 44). No final, Deus deixa claro que José prosperou onde estava e tudo que fazia era agradável à Ele e a quem estava sob seu governo. José era consciente de que tudo o que lhe aconteceu foi permitido por Deus, para que ele chegasse onde chegou, vivesse o que viveu e fosse um homem, não apenas próspero em bens mas principalmente, de caráter honrado.

É assim que Deus quer nos tornar, pessoas com o caráter de Cristo, mesmo que ele tenha que nos levar para o deserto, nos colocar em lugares difíceis, mas no final, seremos quem Ele quer, com um caráter honrado.

Em Cristo

Ingrid Vieira Lucindo