“Oração”

“Não me resta fazer mais nada, senão orar!”.

Você já falou e ou já ouviu a frase acima?

O que a frase te comunica, e ou comunica aos outros?

Para mim, entre outras coisas, tal frase comunica-me certa desesperança diante de uma situação aonde todos os demais recursos parecerem ter falhado na busca da solução para determinado problema... Comunica-me, também, a noção de que a “oração” é o último recurso, recurso esse que parecia não ser tão necessário e ou tão poderoso...

Ao ler o livro do profeta Daniel chama-me atenção a sua vida de oração.

Em atitude de oração, leia Dn 6:10; 9:17-19; 10:12,13.

No entanto, o exemplo maior sobre a vida e a importância da oração, vem do próprio Senhor Jesus Cristo, sendo Ele oFilhodo Deus Vivo – Mc 6:41, 46; 14:32-35;  Lc 6:12.

Observando a vida de Daniel, e do Senhor Jesus Cristo, o que o Espírito Santo te fala a mente e ao coração sobre a oração?

Que lugar a oração deve ocupar em nossa vida?

Oramos, e aguardamos a ação de Deus em resposta a oração, confiados nos méritos de quem?

Oração e ação em oração devem caminhar juntos... Logo:““em todo o tempo e em qualquer circunstância devemos orar, e esperar a direção de Deus para agir...  Agir em oração, pois “tudo o que sempre devemos fazer é orar, e agir em oração””.

 

Em Jesus Cristo – maior modelo e motivador para a vida de oração,

 

Transcrito - DMA