Orando por 2016

 

Neemias 1: 1. Palavras de Neemias, filho de Hacalias: No mês de quisleu, no vigésimo ano, quando eu estava na cidade de Susã,   2. Hanani, um de meus irmãos, veio de Judá com mais alguns homens. Perguntei-lhes pelos judeus que voltaram, os que sobreviveram ao cativeiro, e a respeito de Jerusalém.   3. Eles me responderam: Os que sobreviveram ao cativeiro estão passando grande aflição e vergonha lá na província. Os muros de Jerusalém foram derrubados, e as portas da cidade, queimadas.   4. Depois de ouvir essas palavras, sentei-me e chorei. Lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orar perante o Deus do céu.

Após ter conhecimento da necessidade de seus parentes e compatriotas, Neemias orou a Deus, tal atitude não foi simplesmente pontual mas constante(Neemias orou meses) e podemos observar isso na continuidade do texto.

Neemias 2: 1 e 4

1. No mês de nisã, no vigésimo ano do rei Artaxerxes, quando eu estava servindo o vinho, dei-o ao rei. Nunca antes eu tinha estado triste na sua presença.   4. Então, o rei me perguntou: O que estás me pedindo? Nessa hora, eu orei ao Deus do céu

A oração antes de qualquer coisa deve ser nossa primeira atitude, como foi a de Neemias.

Um grande desafio para nós hoje, não é?

Estamos nesse domingo, dia 08/11, realizando nossa assembleia ordinária, e quero desafiar a todos a uma atitude de oração pelo ano de 2016.

Deus nos Abençoe,

Lucas Marques Messias